Tia, eu to indo bem?????


FEEDBACK – um olhar para um passo dado algum tempo atrás comparado com o caminhar atual. Uma pessoa muito querida e uma excelente aluna e bailarina me pediu um feedback. Se eu olho para trás vejo uma linda bailarina iniciando seus primeiros tendus, jetès… como também vejo bailarinas temporariamente afastadas das sapa…tilhas ou da alma de bailarina voltando a ALÉM DE SER ESTAR bailarina.

Deus não me deu fisico, me deu o q eu precisava para acolher todos meus alunos TALENTOSISSIMOS, BELISSIMOS, E COM O MAIS IMPORTANTE
INGREDIENTE: INTELIGENCIA.

Paula Bambino on points = belissima, forte, tecnicamente perfeita.

Anita on points = delicada, forte, ambiciosa, belissima.

Vivi on points = dedicada, forte, nasc…eu com as pontas nos pés e só precisava dos instrumentos, belíssima.

Naty, Chel, Lari.

Karin, Regina, Erika, Priscila, Simone, todas todas vcs….Com suas dificuldades e suas superações. Sapatilhas de pontas nos coloca
em uma altura totalmente diferente daquela que estamos acostumadas…
quem nunca sonhou em voar? a ponta é o voo da bailarina! amo vcs!
…respondido Paulinha?!

Anúncios

9 Comentários

Arquivado em Uncategorized

9 Respostas para “Tia, eu to indo bem?????

  1. Paula Bambino

    Poxa Tia Ká, tá virando moda vc me fazer chorar, né?! Hahahaha!
    Ameeeeeeeeeiiiiiii o feedback!!! Respondidíssimoooooooo!!! 🙂
    Agora estou sem palavras……………….. Rs.
    AMO MUITO ESSA MAESTRA!!! :-*****

  2. “(…) Can’t keep my eyes from the circling skies
    Tongue-tied and twisted Just an earth-bound misfit,
    Ice is forming on the tips of my wings
    Unheeded warnings, I thought I thought of everything
    No navigator to guide my way home
    Unladened, empty and turned to stone
    A soul in tension that’s learning to fly (…)”

    Learning to fly, Pink Floyd —
    Mas,no nosso caso, temos navegador =)

    • balletadulto

      Querida prima-ballerina Karin…

      meus primeiros fuettes (os primeiros 32… 64!!!!) foram ao som de pink floyd….

      Mas vamos lá… poder descongelar o gelo que vc acumulou com anos de trabalho com desprazer é uma honra. poder te ensinar a reconhecer suas grandes e maravilhosas possibilidades corporais e te mostrar caminhos para traduzir em seu corpo melhores resultados… UMA HONRA, UM PRAZER, A MAIOR POSSIBILIDADE DE IR ALÉM DA ARTE E ATINGIR O VÔO DA BAILARINA, pois eu ainda vôo junto com vocês nestas descobertas e ganhos… incomensurável, indescritível…

      DEixa eu contar, o sorriso e o prazer que começa a demonstrar no primeiro port de bras da barra de plie é simplesmente: DELICIOSO, presente divino, acreditando que esse divino seja algo indescritível!

      Mais uma vez: OBRIGADA PELA OPORTUNIDADE!

      grande beijo iluminado em seu coração,

      Tia Ká

  3. Karen, talvez o seu maior brilho esteja nessa espontânea capacidade de incentivar as pessoas. Foi o que senti da primeira vez e foi o que me fez optar por ficar: vc é espontanêa. Professores espontâneos tendem a ser mais criativos, mais envolvidos. A espontaneidade é ainda, a meu ver, a manifestação genuína do que a pessoa é. Pois ela o faz sem pensar, sem maquiar, sem atuar, sem fingir. Cansei de conviver com professores que assumiam “postura de professor” e que no fundo eram apenas atores-bailarinos e não professores-bailarinos. Sua maneira claramente espontânea de lidar com a criatividade e com a heterogeneidade de seus alunos é impressionante. Demorei a entender a ordem existente em seu caos criativo. E é da convivência com esse caos que o meu sorriso tem sido espontâneo. Espontaneidade contagia e esse caos tem sido tremendamente salutar para mim.
    Je te embrace!

    • balletadulto

      Ka,

      Isso é muito bom de ouvir. É claro nos olhos e nos corpos de meus alunos já mais experientes a angustia muitas vezes da falta da rigidez que estavam acostumados frente minha caótica espontaneidade. Quero cada dia mais preparar minhas aulas mas amo senti-la ao ve-los em sala de aula e escutar o que o corpo de vocês estão aptos para o dia. Em 5 anos lecionando ballet para adultos nunca, nunca lesionei nenhum aluno. Por deixar essa característica proprioceptiva acontecer e ir até o seu limite mas proporcionar o parar quando o proprio aluno achar que chegou o momento.

      Para muita gente lidar com limites onde eu não os grito o tempo todo, mas sim os entrego a vocês é conflitante e difícil. Procurar dar espaço para todos SEREM, mas ao mesmo tempo cobro o respeito e a disciplina inerente à formação de qualquer bailarino.

      Minha cara de nova, meu sorriso sempre aberto e a possibilidade criativa que me proponho tornam alguns momentos caoticos. Não dou caderno, mas dou a possibilidade de vocês conhecrem minha aula a ponto de compreenderem a sequencia dela. Corrijo até mesmo a fata de interpretação do seu cotovelo (quem me disse Kaen sua fada poderia ser mais linda, mas seu cotovelo é inexpressivo. foi Ana BOtafogo)… dou o caminho do movimento para vcs buscarem aquilo que almejam, e nesse caminho vou realizando meus sonhos. E o meu maior sonho e ve-los dançando com a alma, independente se acertarão ou não o movimento, mas ao dançar com a alma estarão me dizendo que estão seguros dos passos, da interligação dos mesmo, da interpretação muscular, do conjunto coreográfico. e estaremos todos em um e um em todos.

      O big bang explica a teoria do caos e a formação do universo, não? Foi minha primeira aula de filosofia, rs e talvez uma das mais elucidadoras de mi vida, rs.

      beijos amor meu!!! OBRIGADA!

  4. Karen preciso da sua ajuda…
    Quero me profissionalizar.
    A Tays do Razão para dançar esta semana postou algumas escolas que oferecem curso tecnico reconhecido pelo MEC, todas em São Paulo, muito longe pra mim.
    Moro em Itaquaquecetuba, me ajude com sua experiência.
    Bjos e obrigada
    Helena

    • balletadulto

      Olá Helena…

      INfelizmente para se profisisonalizar começando em escolas já aprovadas pelo MEC vai ser assim mesmo… quando a gente escolhe uma faculdade as vezs a gente até muda de cidade né?

      Não sei como eu poderia te ajudar… eu sempre fiz sacrificios em relaçõa ao que eu queria… vc já estuda ballet clássico? há quanto tempo? tem quantos anos?!

      vamos conversando e eu farei meu melhor para ajuda-la, ok????

      beijokas iluminadas no seu coração,

      TIa Ká

  5. Tia

    Obrigada pelo comentário em meu blog. E obrigada por Escolhas. Confesso que estou até agora sem jeito.
    Mais tarde, enviarei um e-mail mais dedicado.
    Agora, só tenho a dizer: obrigada! de coração! S2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s