Passos de Ballet Clássico para Adultos.


Hum?!

Tem passos específicos?!

rsrsrsrsrs não… e sim…

Os passos aos quais eu me refiro são esses:

Aquecimento

1. Coragem.

Coragem que se tem de enfrentar a cara torta das pessoas quando você diz que precisa sair mais cedo ou chegar um pouco mais tarde no trabalho, ou simplesmente sair no horário porque vai fazer ballet.

Coragem de enfrentar seus próprios preconceitos na frente do espelho e encarar que aquela menina de 15 está só no coração e não mais na cintura, coxa, costas, braças…

Coragem para se permitir aprender e ter a humildade de entrar numa sala de aula sem nada, sendo apenas você e sua essência.

 

2. Força de vontade.

Serão inúmeros os percalços. Vai aparecer muita outra coisa para fazer quando os maiores desafios lhe forem propostos.

Mas você tem que proporcionar esse tempo real e o tempo emocional. Porque… porque sonhar é fácil, todo mundo sonha, mas transformar sonho em realidade… ah, aí sim é preciso força de vontade.

Barra

3. Perseverança.

O Ballet não é fácil. E é MUITO diferente de tudo que estamos (nós adultos) acostumados a fazer diariamente.

É outro encaixe, é uma força inexplicável porém que não é a força que estamos acostumados a fazer.

É crescer diariamente (e literalmente). Não pode fazer nada para baixo.

A gente empurra o chão para fazer a coxa alongar, sobe o estômago para as pernas poderem ter espaço para se movimentar de forma esticada e firme. E então poder começar a sair e dançar….

4. Dedicação.

Acertar uma vez no ballet é a mesma coisa que nada é preciso se reinventar todo dia mudar o físico todo dia, porque acertar uma vez pode ter sido “sorte”, porém no ballet a excelencia deve ser algo diário e comum. Vc tem que procurar ser o seu melhor todo dia.

E ser esse melhor é se permitir errar para poder aprender o certo.

É se permitir se ver torta até se acertar… e continuar treinando para a cada dia estar mais linda e menos torta, rsrsrsrs.

Não adianta ter um deadline curto e se dedicar pouco. Quanto mais melhor. Então uma vez na semana nem adianta… NÃOOOOOO CLARO QUE ADIANTAAAAAAAAA, concorda que é melhor que nenhuma??????

4. Vida

Leve para sua vida os conhecimentos que adquire no ballet.

Vc vai deixar de ser um ser humano comum que anda em en dedans. O bailarino anda e para em en dehors… tem braços mais leves, feições mais delicadas, mesmo sendo um ogro ou uma fiona!

Não ha treino no ballet que se restrinja a sala de aula. BALLET É ESTILO DE VIDA.

Centro e diagonais

5. Avance.

Não fique parada. Avance cada dia mais. Não tema perguntar, tirar suas dúvidas. Porque é difícil a arte da coordenação motora geral do ballet.

É necessário dissociar todas as partes do corpo e associa-las de forma diferente. Mas É POSSÍVEL. Avançando de pouquinho em pouquinho.

Erre diferente a cada dia!

6. Escute.

Muitas vezes a gente não escuta o que nosso professor está dizendo. E é sério, sou professora e também sou aluna sei de ambos os lados o que estou dizendo.

Se seu professor estiver falando com vc escute-o e faça exatamente o que ele está te sugerindo… ele não é professor a toa (ou se for vc pode muito bem buscar outro)… AS vezes é necessário refazer um pé no chão para que o maior saia… O ballet é a arte do mínimo! Faça as menores coisas muito bem feitas é isso que ele vai te dizer! ❤ E então as grandes coisas acontecem! ❤

CODA

Repita repita repita. Arrume-se, permita-se, dance. Faça a aula sorrindo. Ouça a música. Sinta os movimentos. O ballet é uma arte e uma arte musical. E transforme o mínimo que souber fazer nisso, nessa arte. ❤ E dance!

E lembre-se: calcanhar para frente, sempre. Sempre. E pese seu calcanhar para que as finalizações sejam limpas e belas.  O final é o que o público leva. Mesmo que esse público seja você refletido no espelho da sala de aula!

Me escreva suas dúvidas sobre como fazer algum passo e eu dentro do possível te ajudarei! O que acha?!

E aqui em baixo um depoimento de como tudo isso começou! ❤

42 Comentários

Arquivado em Uncategorized

42 Respostas para “Passos de Ballet Clássico para Adultos.

  1. Tãaao lindo, mas TÃO lindo, que desde manhã eu ainda tô parada nisso (20:42 pm). E amanhã tem ballet! Porque eu vou seguir o ‘Quanto mais melhor’ (que talvez seja a única coisa que eu saiba fazer no momento rs) e a partir de amanhã serão 3x por semana que eu estarei lá! Até daqui a pouco ❤

    • vera lucia

      Karen…chorei junto…vc conseguiu expressar nas suas palavras tudooo! Todo o sentimento de uma ex bailarina que deseja voltar,Díficil uma professora levar uma gordinha que ja tem seus 20s 30s…enfim ninguém da atenção messmo as de 15 olham torto rí da nossa cara e deixa nos sempre atrás, é taão triste isso que não tenho nem palavras. É como ser invalida,sem esperança ,sem expectativa. Más saber que existem pessoas como vc já conforta muito.Parabénssss assito sempre a sua entrevista, porque me serve de incentivo, Agradeço em nome de todas as bailarinas que como eu,sofrem discriminação. O preconceito em todas as formas é um sentimento muito cruel e dentro do Ballet é um sentimento que não deveria existir ,pois a beleza dos 15 não é pra pra sempre. bjsssss

  2. Juliana Loyola

    Inspiração diária! Amooooo!

  3. andpizzazz

    Lindo o post ♥ adorei! Bjs, Mari

  4. nancy arantes

    Seu texto me cativou e emocionou bem como todos os outros! Pq iniciei nessa belíssima arte há exatos 6 meses com minha pequena de 5 aninhos e desde então meu conceito de atividade física mudou completamente! Como vc falou é diferente de tudo o q já fizemos e eu posso afirmar pois com 43 anos fiz muitas modalidades!
    Beijo grande
    Nancy

  5. Karen Parabéns pelo belo trabalho, penso como vc e sei que a paixão pela dança quebra barreiras, surpreende até mesmo a gente. Tenho dois filhos passei pelo grande problema eu sei, eu lembro mais meu corpo não corresponde. Mas a paixão foi maior e a persistência também, hoje eu me realizo vendo minhas alunas dançando encho meus olhos de lágrimas e sinto orgulho do nosso trabalho que é maravilhoso!
    Adorei conhecer sua história!
    Parabéns
    Cristiane Zogbi – Prof. de Ballet adulto

  6. Camila Fernandes

    Sensacional!

  7. Rosemary

    OI eu adorei o blog, já vou acompanhar!!! Neste mês voltei para o Ballet depois de quase 14 anos… 😀 E eu muito feliz… mas preciso de uma ajuda, descobri que fiquei mais tonta do que era e consigo dar só três giros nas diagonais e já era rs… meu develope não é muito alto e me dá uma tremedera danada, que exercícios posso fazer em casa para melhorar a sustenção? bjos Parabéns pelo blog. Rose

    • Olá Mary!!!
      Vá aos pouco ganhando flexibilidade e resistência.
      Diminua a cobrança e deixe seu corpo se adaptar a esses novos trabalhos!
      A tremedeira é por que em nossa musculatura tem um tipo de marcapasso que é conhecido por ponto motor, quando nosso grupo muscular recebe uma intenção maior de força que está acostumada a fazer ele começa a disparar dando a impressão real que estamos tremendo, na verdade ele está disparando. Esses disparos diminuem a medida que nossa força de sustentação é treinada e o limiar de disparo aumenta… nada de grave! Apenas de treino, muito treino.

      Depois de 14 anos parada nossa musculatura é outra em relação a época em que fazíamos treinos diários, e ainda mais com a idade que diferencia a qualidade muscular. Ou seja a sustentação dos musculos cervicais é outra que da um certo abalo no nosso labirinto, mas nada que o treino nõa resolva e melhore a qualidade de nossa musculatura!

      E quanto a altura. bonito mesmo é um devellope a 90º, bem sustentado, esticado e bem bonito… quando a 90 estiver segura ouse um grau a mais por dia…

      E se PERMITA, se divirta em sala de aula, pois por mais sério que seja ainda tem que ser divertido e gostoso para poder ser leve!!!

      Em casa viva o ballet, melhore sua postura a cada dia. Pois nossas pernas são marionetes de nosso tronco!
      Pois ballet é estilo de vida…

      Se trabalhar sua postura diariamente, vai melhorar em muito seus momentos em sala de aula!!!

      E boas aulas amor meu!!!

      Espero ter ajudado!!!

      beijo grande!!!

      Tia Ká

      • Rosemary

        Oi Ká… adorei sua resposta… e voltei pra dizer que meu devellope não mudou muita coisa rs, mas minha postura e os exercicios básicos estão muito melhores… segui sua dica sabe “Ballet é estilo de vida”… até minha gatinha entrou nos ensaios em casa rsrs…. beijinho

        Boa aula pra ti também!!!!
        Mary

      • Muito bom Mary!!! ❤
        beijo grande

  8. Caraca! Eu não faço ballet, faço Jazz e dança do ventre, mas vou passar esse post para todas as minhas amigas, lindo demais, emocionante! Parabens Por levar a dança tão a serio, e conseguir inspirar pessoas!!
    Abraçp!

  9. Ludmila Ferreira

    Olá Karen, meu nome é Ludmila tenho 22 anos e sou apaixonada por ballet. Nunca fiz, mas sempre tive vontade e agora resolvi tentar, mas estou passando por alguns dilemas dos quais você cita em muitas postagens que já li aqui. Não sou gorda, mas também não sou magérrima, me disseram que estou velha demais para isso, que não vou conseguir fazer ou ter a flexibilidade que as meninas mais novas tem, que não serei uma Ana Botafogo, mais para que isso?.. e enfim.. Estou passando por cima de tudo isso! E gostaria de te agradecer por me ajudar. Seus textos me motivaram e hoje eu vejo que o que era um sonho pode ser uma realidade, que me deixa muito feliz! Obrigada!

    Ludmila Chaves

  10. OIii, sou eu a Vivi, acho q vou usar esse seu texto e imprimir e enviar a cada aluna minha, ainda não vi o vídeo mas vou assistir assim q puder.

    Amei conhecer esse cantinho, amei conhecer vc.
    É tão bom caminhar e encontrar pessoas lindas assim .Obrigada por tudo.

  11. Dariza

    Tia Ká!! Amei o vídeooooo!!!
    Faz tanto tempo que acompanho seu blog… por muitas vezes seus posts me incentivaram a persistir no sonho de um dia fazer ballet…

    Quando penso que há 4 anos atrás, eu estava aqui olhando suas postagens, fotos e sonhando em ser bailarina. Hoje aos 20 anos, me sinto feliz porque consegui realizar esse grande sonho!! Minha primeira aula foi na quinta-feira dia 31/10.

    Amo visitar esse blog!! Vc é muito querida viu!!! bjo grande

    • ohhhh… que linda…. obrigada!!! ❤

      Me conta como ta sendoooooo????
      Fala tudo!!!! beijo grande amor meu!!!

      • Dariza

        Corrigindo Tia Ká, 4 anos não e sim 2 anos que visito seu blog rsrsrs
        Minhas aulas são ótimas!! Como cheguei agr, ainda não tenho muito costume e sinto uma certa dificuldade de todos os lados… manter a postura, contração e leveza ao mesmo tempo, nome dos passos, memorizar a sequencia de passos dados em aula, flexibilidade etc… Apesar de tanto desafios, estou tão radiante e amando d+ cada momento seja de aula, em casa treinando sozinha… enfim, tenho muita fé e sei que vou conseguir, pois sempre foi meu sonho e agr chegou o tempo de realizar!!

        Tia Ká eu to querendo te mandar um email e preciso que vc possa responde-lo. Me dá algum endereço que eu possa entrar em contato vc… Bjão, Lindonaaaaaaaa!!

  12. Tiiia Ká!! =)
    Tinha um tempo que não vinha aqui, mas vim na hora certa!! Depois de dois meses sem ballet – tive uma lesão, rompi um ligamento, uma longa história – estou voltando! A leitura, mais uma vez emocionante, veio a calhar para quem, mesmo em dificuldades, não desistir… =) LINDA! Queria ir aí te dar um abraço…
    Beijos da eterna admiradora!

    Tammy

  13. Andressa

    Oi, entrei em meu facee, e fui de amigos em amigos e achei voce, com palavras e posts lindos, também dou aula e se permitir vou copiar alguns lindos textos seus para incentivar minhas alunas. Parabens vejo que seu trabalho é magnifico, Precisamos de pessoas como voce amantes da dança e incentivadoras. Escola de dança Andressa Ribeiro – Vitória-ES. Vou acompanhar o Blog amei, te adicionei no facee, já sou fã! beijao e obrigada por compartilhar textos e frases tão lindas em suas páginas!!!

  14. Andressa

    Acabei de assistir o video estou simplesmente chorando … porque amo o ballet e teria uma história parecida ,porque é tão assim, uns passando por sima dos outros, descrentes dos nosso projetos, mas NÓS acreditamos!!! enfim não vem ao caso. o mais lindo é ver seu depoimento e emocionar quando voce emociona e sorrir quando voce sorrir no video, sentindo a mesma emoçao. isso é amar o que fazemos. Parabens s2

  15. Não e sim pq quando eu era pequena não me lembro de sair da aula de ballet com as minhas pernas doendo! Já hoje kkk Acordo com as pernas “bambas” no dia seguinte!! kkk

  16. Genial, adorei o texto. Ver que a menina de 15 anos ficou para trás é uma questão de aceitação mesmo,rs. Gostaria que tivesse uma escola de ballet com esta seriedade voltada para adultos aqui no RJ…

  17. Olá, queria saber que se mesmo para o ballet adulto tem algum tipo de padrão a ser seguido. se puder me responder ficarei eternamente grata.

  18. Amei o texto e me inspirei a voltar a dançar…
    Comecei no Ballet com 13 anos ..sofri muito no inicio pois era algo totalmente diferente do que já havia feito! Um mundo novo, com linguagem nova.
    Sofri preconceito de bailarinas e bailarinos e da família também!
    Mas nem dei importância e fui em frente. Dancei 4 ballets de repertório e realizei meu sonho: Grand Pas de Deux..
    Deixei a dança há 8 anos por conta da profissão e casamento…mas o texto me inspirou a voltar…

    Um abraço

  19. Esqueci de comentar que além do Ballet Clássico também fiz: Ballet Contemporâneo, Jazz, Dança Espanhola.
    Um rotina de segunda a sexta de pelo menos 5 horas de aulas…que saudade!!!

  20. Rosana

    Olá, Karen! Sou sua fã há algum tempo! Acompanho seu trabalho e estou aqui para dar os parabéns pelo trabalho maravilhoso que faz com seus alunos e também com quem não é sua aluna, como eu! Esta semana estava muito “pra baixo”, porque às vezes, vem aquela frustração de não conseguir mais seguir a aula, como antes! Tenho 47 anos e voltei a dançar há uns 5 anos, mas o progresso não é mais o mesmo que na época de adolescência, é claro, e isso é frustrante, algumas vezes. Então, cada vez que começo a desanimar, entro no blog, na sua página do face e isso me fortalece e digo: e daí que não consigo fazer mais do mesmo jeito? O importante é dançar! Atualmente, também voltei a dar aula de ballet e sou apaixonada pelo que faço! Obrigada por seu carinho! Moro em outra cidade, mas quando tiver oportunidade, gostaria fazer uma aula sua. Bjs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s