Velha demais para viver?!


Velha demais para viver?!

Você ouve milhares de pessoas fazendo milhares de cursos, profissionalizantes ou não, e não importa se vc é “gorda”, “velha”, “pobre”, “desajeitada”… Importa a sua vontade, seu empenho e sua dedicação.

Mas quando o assunto é ballet as pessoas torcem o nariz se vc não é a russa com o DNA alterado para ser perfeita. Ou seja a perfeição é realmente um sonho de consumo até daqueles que nada entendem de ballet.

O ballet é uma superação constante, um treino interminável, a busca pela perfeição do mínimo… E independe de todos os fatores citado acima como para todo e qualquer outro curso, aperfeiçoamento ou seja lá o que for.

Hoje eu estava MUITO CANSADA. Sim estava… estou, sei lá… Mas minhas alunas me tiram esse cansaço… mesmo que eu esteja mais curta no humor, rs.

Hoje vi meninas-mulheres chorando, rindo, sofrendo, velhas, gordas, desajeitadas, pobres, ricas, novas, magras, talentosas, com história ou construnindo uma nova… enfim hoje TODAS e TODOS se superaram.

E eu fiquei muito orgulhosa. MUITO.

Mesmo na bronca do vc não tem que gostar do passo, na fala mimada do eu quero fazer ballet gostoso (ballet não é gostoso, rs), do escute que eu posso te ensinar. Pare de falar.

No riso nervoso da emoção da baby linda e gordinha hoje mulherão subindo nas pontas, da ex aluna da EDASP voltando perfeitamente as pontas com a mesma emoção da primeira vez… Do grupo todo se abraçando… e de todas lindas executando e sentindo cada movimento e na “valsa de Naila”treinando seus primeiros “burres”…

Do grito ardido do fecha a quinta, da aula de abraço para amenizar uma dor, da vontade constante de se superarem, do sorriso de gratidão da correção feita… do agradecimento por existir vc e sua escola.

Da turma vampira que quer sangue e dor e de uma nova subida sublime de pontas… e de ouvir de todas que vc é o exemplo… vc gorda, velha e desajeitada, só que não. Vc bailarina, assim como todas e todos seus alunos.

Vc que investe e é investida: de tecnica, ensino, troca, amor e amizade.

E vc que ve mulheres, doutoras, brincando de serem irmãs… buscando seus similares, mulheres que se permitiram buscar em si seus sonhos, e se permitiram sorrir sem ter o estigma da perfeição. Mulheres pares, mulheres lindas, homens lindos… BAILARINOS.

Reverance a todos vocês que superam suas próprias críticas e aceitam fazer tudo de propósito.Imagem

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Velha demais para viver?!

  1. Sofia

    Ola’!
    Sou a Sofia…tenho 33 anos…portuguesa, realizada profissionalmente, estou longe do meu marido porque nao podia recusar uma proposta vinda dos EUA, Pai’s onde actualmente resido e onde vou tentar encontrar um local para comecar a aprender ballet, pois o meu sonho desde os 5 anos era ter sido bailarina…nunca encontrei em Portugal, no Algarve e nem em Coimbra aulas de Ballet para adultos, pelo que me limitei a seguir apaixonadamente esta pa’gina e a sonhar com o dia em que poderei aprender e fazer parte desta arte…adoro as suas palavras! Muito obrigada…eu continuo ‘a espera de encontrar um estudio que me fac,a sentir tudo aquilo que descreve nos seus escritos. mas ja’ sei que quando regressar a Portugal, mesmo q consiga ter algumas aulas nos EUA, voltarei a nao ter a possibilidade de experimentar e continuar as aulas. Ate’ sempre,

    Sofia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s