Arquivo do mês: dezembro 2013

Dúvidas sobre ballet – começar mais velha, onde vai dar?!


Boa tarde!!!

Faz tanto tempo que eu não paro para escrever… me desculpem!

Esse ano foi de muita atividade para nós, por isso a falta de tempo de postar!!!

Bom, fui olhar os comentários a serem aprovados e me deparei com muitas questões semelhantes…

A maioria delas sugerem que a pessoa não leu o post apenas o título e na ansiedade já mandou o comentário…

O grande problema de posts grandes em blogs! rs

A outra parte são perguntas sugestivas, as quais já foram respondidas, ou tentarei responder aqui.

Como todos sabem esse blog é de uma escola, pioneira na especialização do ensino de ballet clássico para adultos. Ou seja, aqui nossos professores (eu e o Carlos Oliveira, e professores convidados) ministram aulas para adultos apenas. Nossa média de idade entre alunos é de 36 anos. Ou seja a mais nova tem sim 14 (e é a única da escola 😉 e a mais velha hoje tem 66 anos!

Nossa especialidade é o aluno que nunca fez ballet, ou que fez quando era criança e agora resolveu voltar… ou começar do zero!

Das 37 aulas atuais em nossa grade, 20 são destinadas ao básicos! Para nós os básicos 1 são o “Básico Essencial”, aqueles primeiros conhecimentos que farão toda a diferença, o básico 2 quando a postura já está melhor, e em seguida vem os iniciantes para os iniciados.

Não temos turmas de crianças, nem de adolescentes. E a única outra modalidade que você em nossa escola é o flamenco pela união com o Studio Ana Esmeralda, também voltado apenas para adultos.

Ah mas você acha mesmo que alguém aí será bailarino profissional?! 

Eu? Ensino com a seriedade que é ensina em escolas de qualidade. Mesmo que nosso objetivo aqui seja entretenimento de qualidade e arte de verdade. As grandes cias tem idade limite máxima para admitir seus funcionários. E então começar mais velho tira de você a data limite para entrar nessas cias! 

E outra, quando alguém coloca sua filha no ballet dificilmente está almejando que aquela garitinha de 10 anos tenha que decidir a vida dela naquele momento para se tornar uma bailarina clássica profissional! Vc quer que ela se divirta, aprenda, se desenvolva tecnica e corporalmente dentro de uma arte. Ou seja porque perguntar onde vc irá chegar no ballet, se ao entrar em um curso de violão, tango, artes plástica você não se questiona se se tornará um grande artista profissional nisto ou naquilo.

Mas você está dizendo que dá para se divertir e fazer ballet? Claro!

O ballet é uma arte que se complementa como atividade física de alto gasto calórico!

Nós aqui no BalletAdultoKR desenvolvemos nossas aulas pensando no aluno adulto, que tem muitas vezes dificuldade de frequentar mais que 1 ou 2 vezes na semana as aulas, que tem dificuldade de fazer qualquer outro exercício físico… Ou seja tudo o que fazemos e estudamos é pensado para melhorar seu desempenho na arte e na atividade física.

Então aqui o máximo que podemos dizer da pergunta “onde vai dar”, ou seremos “profissionais?!” é… vc poderá dançar conosco em nossas apresentações… em festivais para experimentar palco e porque gostamos dos aplausos… mas se você não quiser é num corpo que ganhará um repertorio postural e cultural diferente, num sorriso de superação a cada aula… enfim… você vai chegar a ser diferente do que foi quando entrou. Sem magia, nem lendas, o ballet é para todos.

(isso vai dar o que falar!)

Bom, a outra pergunta muito frenquente vem de meninas de 12 e 14 anos perguntando se é tarde para elas começarem o ballet para serem bailarinas profissionais, e no maioria dos casos de garotas que moram em lugares que não oferecem cursos de formação…

Minha resposta é a mesma sempre: não tem como se tornar médico sem passar por todas as etapas e se graduar na faculdade de medicina, nas pós exigidas pela profissão e então ir em busca de seu trabalho remunerado. O ballet é como toda outra profissão, mas no Brasil um pouco diferente porque o campo de trabalho oferecido é menor! Tanto para bailarinas e bailarinos, como para professores, coreógrafos, ensaiadores…

Então não vale a pena sonhar? Sonhar é sempre combustível para caminharmos em direção de realizar nossos sonhos. Mas ficar sonhando sem se mexer, desculpem, não leva ninguém a lugar algum, certo?

Outra pergunta bem frequente é: tenho 12 anos, poderei abrir “espacate” algum dia?!

Bom, independente da idade, com treino frequente a anatomia de nosso corpo permite a “escala”de 180 graus frontal. Mas tem que treinar sempre, não desistir, não ter medo de sentir dor e principalmente de suporta-la no momento do alongamento.

No ballet nada é fácil e para tudo temos que suar muito até mesmo para aqueles que tem o físico aparentemente pronto. Porque no ballet nada está pronto nunca e sempre precisamos suar, trabalhar, fazer força, suar, trabalhar, fazer força…. rsrsrsrs

 

Então… o que deixo desta minha entrada rápida é: sim o ballet é para todos. Não, nõa serão todos que serão bailarinos profissionais, mesmo começando pequenino (a), e quer chegar a algum lugar (e isto serve para a vida): trabalhe muito. Sue. Se dedique. Quando achar que tá bom, vá além. Quando estiver exausta, trabalhe mais. Essa diferença entre o exausto e continuar farão diferença no alcance de seus objetivos!!!

 

Um beijo grande e até mais pessoal!!!

 

Karen Ribeiro

Imagem

Nesta foto, eu e meus bailarinos lindos e adultos a maioria iniciantes!!! ❤

ë mais fácil dizer que não dá, porque para dar certo tem que trabalhar muito e suar muito!!! E eu? Eu sou do time dos que trabalham!!!

Beijo grande e um Natal muito iluminado, cheio de boa energia!!!

 

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Uncategorized