Testando a nova ponta da Capézio Brasil a “New York”, minha experiência!


Olá pessoas queridas!

Vim aqui hoje contar por escrito como foi minha experiência em sala de aula com a nova sapatilha da Capézio Brasil o modelo “New York”, e aproveitei para comparar com o modelo que uso da Gaynor Minden.

Vamos ver o que eu achei, mas antes preciso esclarecer algumas coisinhas para ficar mais claro tudo o que estou dizendo tá?

A Gaynor Mindem é uma marca de sapatilhas, e acessórios, que tem um monte, centenas de modelos. Como assim?  A Gaynor é uma sapatilha que a bailarina faz o molde do seu pé, pede seu peso e estatura, sua força e para a qual até sua experiência e técnica contam para seu melhor desempenho com a sapatilha. Você escolhe o grau de flexibilidade ou “dureza”, tamanho da caixa (espaço onde ficam os dedos até quase o metatarso), a altura da gáspea (da caixa), a altura do calcanhar, e a largura da sapatilha. Ou seja, mil opções.

Eu escolhi a gaynor rosa (intermediária em felxibilidade), com alturas regulares de gáspea e calcanhares, largura média, e box 4. A mais regular possível. Porque é a que eu uso e acho a mais confortável possível para mim.

Estou super acostumada com ela, tenho um trabalho diário de tecnica e treinos, tornozelos fortes e alongados, meia ponta de trabalho em pontas alta (subir e descer das pontas mantendo tornozelos alongados e dedos alongados durante o exercício e não apenas o subir na meia ponta).

Além disso tudo a Gaynor não vem com nenhuma costura e as fitas e elásticos por eles vendidos vem inteiros para que a bailarina faça sua melhor opção de onde e com costurá-los. Uma coisa muito boa, pois com o tempo cada bailarina vai se adaptando e desenvolvendo seus “tiques”de como gosta delas costuradas e como se sente mais segura e confortável para seu desempenho.

Pois bem a Capézio Brasil lançou um modelo de pontas que se chama “New York”, referência direta à sapatilha que acabo de falar e com mais investimento em estudo e ergonomia de todas as sapatilhas que tem hoje para oferecer.

Decidi experimentar para ver se é ou não uma opção mais em conta e nacional para nós!

Vai lá!

  • Capézio “New York”:

* Bonita – sim

* flexível – sim

* confortável – sim

* valor: super acessível,  na loja da Capézio: R$173,80

* Vem com fitas de elástico (excelente para não apertar sem necessidade o calcanhar de aquiles evitando futuras lesões, e deixando a fita mais confortável em nosso tornozelo, podendo ajusta-la sem deixa-la muito apertada ou frouxa). Porém já costuradas. Eu amo costurar minhas pontas, me deixa mais centrada, me permitindo entrar em meu nirvana pessoal e me concentrando para o que vou fazer com elas. Eu amo costurar minhas pontas.

* Elásticos – vem cortados em 4 o que faz com que vc os costure como uma sapatilha de meia ponta, em X. Eu particularmente não gosto. Prefiro o enlace do tornozelo, evita que a sapatilha saia do pé. Antigamente os elásticos não era tão bons (flexíveis e com resistência ao mesmo tempo, ou era um ou outro), então uma alternativa era fazer um laço de elástico na costura de trás e passar a fita por dentro para que a sapatilha não escorregasse e saísse do pé, principalmente para poder passar pela meia ponta. Se eu pudesse sugerir algo, sugeriria que a Capézio mandasse o elástico que acompanha a sapatilha sem estar cortado, permitindo que cada bailarina o costurasse como fosse de sua preferência…

* ponto mais que positivo: ao comprar a sapatilha a fita e elásticos estão inclusos no valor já pago, muito bom!

* não tem opção de flexibilidade é aquele modelo e ponto.Ou seja, para quem usa as flexibilidade de rosa a verde da gaynor, talvez não seja uma alternativa… As pessoas podem acha-la molde demais ou realmente ela puxar para o calcanhar, uma vez que a sapatilha muito flexível dificulta a manutenção do tornozelo alongado em seu grau máximo, tirando-o da direção dos dedos e trazendo-o para trás, o que “tira” a bailarina do eixo ideal.

* base da caixa muito reta. Esse é um ponto que eu terei que experimentar mais para poder falar mais sobre o assunto. O que de um lado permite maior estabilidade quando estamos em cima da ponta pode facilitar uma escada na “descida” para a meia ponta e calcanhar. Algumas bailarinas escorregam com mais facilidade, o que pode dependendo do que ocorrer no momento, não facilitar a descida pela meia ponta (o que exige um pouco mais de controle técnico) fazendo passar pelo piriquito (quando o pé fica com aspecto do bico do papagaio, rsrsrsr), ou escorregar mesmo (sem o controle do tronco pela manutenção do abdomen que sustenta a coluna dar certa instabilidade na descida). Mas para dizer mais sobre isso preciso usar mais! (COMPARANDO: A gaynor tem o acabamento da caixa de estabilidade menos reta, o que permite o deslizamento dos dedos como controle da caixa, mas de modo algum a Gaynor facilita a meia ponta, é preciso trabalho do corpo todo assim como exige o ballet.)

Comparativamente achei uma excelente opção.

Mais barata, mais bonita e com boa tecnologia. Mas depende de cada bailarina. Eu vou usar a minha e conto depois para vocês o que achei com mais uso!

Na minha fã page do facebook tem eu ao vivo testando as duas! Da uma espiadinha e me fala o que achou! Eu aceito sugestões e questões sobre o que quiser sugerir!

Aqui eu experimentando de fato a New York: https://www.facebook.com/karenribeiroballet/videos/vb.340131526067348/1136273973119762/?type=2&theater&notif_t=like&notif_id=1474057974200025

E aqui eu com uma Gaynor do modelo que prefiro: https://www.facebook.com/karenribeiroballet/videos/vb.340131526067348/1136286049785221/?type=2&theater&notif_t=like&notif_id=1474058917594586

Fiquem atentos ao meu canal no You Tube: https://www.youtube.com/channel/UC1-BRe9Y3x26Y-FiRooHPcw  onde falarei mais sobre sapatilhas, curiosidades, e tudo o que for de ballet por experiência!!! Aceito sugestões!

Tem meu instagram onde posto diariamente snapsintas das aulas e de curiosidades da minha rotina de bailarina adulta!

Espero de verdade que eu tenha ajudado vocês!

E dancem, dancem muito! Isso transforma nossa vida!

Beijão a todos e obrigada por tanto carinho e reconhecimento!

Karen

 

14195956_10154144984104006_7745034259481223068_o

Anúncios

10 Comentários

Arquivado em Uncategorized

10 Respostas para “Testando a nova ponta da Capézio Brasil a “New York”, minha experiência!

  1. Gabriella Crivellente

    Olá, hoje fui à loja da Capézio para conhecer essa nova sapatilha. Porém, estranhei que o tamanho do box é padrão para todas, ou seja, não tem como pegar um box maior. O que você achou da sua, em relação ao box?

    • É Gabi, esse é um detalhe importante que disse que ela é só um modelo. E não como a gaynor que podemos escolher cada detalhe da sapatilha… Eu achei quadrado demais e quando estico os dedos ela fica frouxa para mim…
      E o resto gostou?
      beijos

  2. Oiii, então eu tenho um sério problema da única loja que tem na cidade ( e nada nas cidades próximas) só vender um modelo de sapatilha haha e aí tenho que comprar pela internet… fiquei bem empolgada com essa New York e queria saber em questão de tamanho se ela é muito diferente das “normais” , pois normalmente uso
    40/ 41 de ponta dependendo do modelo…e sobre ela ser mole/dura…comprei uma fouetté da capézio que pensei “Agora vai!” pq quando chegou era dura feito pedra haha, primeiro mês foi um amor e depois virou uma pantufa –‘ nem deu tempo de sujar e já não serve pra nada e olha que só faço aulas 2x na semana =/
    Aí to em dúvida pq ainda não encontrei a ponta pra chamar de minha haha

  3. Gostaria de saber o endereço em Sp,para que eu vou até a loja

  4. Giovana

    Olá Karen, eu costurei o elástico do modo tradicional e mesmo assim a sapatilha sai do pé, alguma sugestão? Obrigada

  5. Com certeza o elástico da New York podia vir inteiro. Os 4 pedacinhos mal dão pra costurar cruzado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s